Governo do Maranhão inaugura Hospital de Campanha de Santa Inês para pacientes com Covid-19

O hospital tem capacidade para 40 leitos e funcionará como retaguarda do Hospital Macrorregional Tomás Martins.


Governo do Maranhão entregou, nesta segunda-feira (1º), mais um hospital de campanha. Desta vez, no município de Santa Inês. A unidade de saúde fortalece na região o combate ao novo coronavírus e amplia a assistência aos casos da doença. O hospital tem capacidade para 40 leitos e funcionará como retaguarda do Hospital Macrorregional Tomás Martins. Para receber os novos leitos, uma força-tarefa foi montada para realizar os reparos técnicos e estruturais durante duas semanas. O Hospital de Campanha de Santa Inês vai beneficiar toda a região do Vale do Pindaré.

Nas redes sociais, o governador Flávio Dino deu destaque à inauguração de mais um hospital de campanha. “Nesta segunda-feira abrimos o hospital de campanha em Santa Inês. Nesta terça-feira estamos finalizando mais uma obra feita em Paço do Lumiar E vamos imediatamente cuidar dos equipamentos e recursos humanos”, disse o governador.

O Hospital de Campanha conta com recepção, sala de estabilização, leitos de enfermaria equipados, farmácia, almoxarifado, posto de enfermagem, posto médico, sala para equipe multiprofissional, refeitório, entre outros ambientes. Reestruturado, o prédio já começou a receber nesta segunda-feira os novos pacientes. O novo serviço vai admitir pacientes pelo sistema de regulação de leitos da Secretaria de Estado da Saúde (SES).

De acordo com o fluxo de atendimento, o paciente internado no Hospital Macrorregional Tomás Martins, após passar pelo tratamento contra a Covid-19, e com quadro clínico apresentando melhora, será encaminhado para o Hospital de Campanha.

Flávio Dino destacou, ainda, que o Maranhão chega a 1.680 leitos e que a taxa de letalidade está abaixo da média registrada no país e lamentou a morte de quase mil maranhenses.

 

 

Comentários